27.09.22

Gestão de Pessoas: Boas Práticas Apoiadas em Tecnologia

Evento Híbrido e Gratuito

A employee experience começa no recrutamento

A melhor employee experience começa no princípio da fase de recrutamento. Saiba que meios usar e os melhores procedimentos a adotar para garantir que o candidato saiba como seria bom trabalhar na sua empresa.
A employee experience começa no recrutamento
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Não existem segundas oportunidades para causar boas impressões – o primeiro impacto é decisivo na forma como os candidatos percecionam a imagem de uma organização. Assim, é crucial que a empresa tenha sempre presente a forma como se pretende posicionar perante um futuro candidato.

Não são as empresas que escolhem os candidatos, são os candidatos que escolhem a empresa

Na employee experience, todos os momentos contam para aumentar o engagement do colaborador com a empresa. Isto pode começar logo na fase em que a posição é anunciada no website e redes sociais da empresa. Um anúncio de uma oportunidade de trabalho deve ser muito mais do que isso mesmo, ou seja, deve transmitir os valores, a cultura e a missão da empresa – no fundo, aquilo que a irá diferenciar perante outras. Neste momento de pesquisa e análise da oportunidade, o candidato deve sentir-se confortável e confiante com a informação que lhe é apresentada ao ponto de desejar fazer parte da equipa.

Portal do Candidato: maior autonomia e controlo nos processos de recrutamento

A existência de um portal de candidato, no qual o candidato poderá incluir os documentos de suporte à sua candidatura deverá afirmar-se também como uma forma de aproximação entre ambos. O processo de registo deve ser fácil, descomplicado e intuitivo, atribuindo ao utilizador uma sensação de autonomia e controlo – principalmente no que diz respeito à monitorização do estado da sua candidatura.

A entrevista: a importância de conhecer

Chegado à próxima fase, a da entrevista, deve observar-se uma relação de proximidade e empatia entre os intervenientes, em que o candidato se identifica com o propósito da empresa. Este é um momento de interação bilateral, em que a empresa deve procurar não só conhecer o potencial e talento do candidato como também dar o espaço necessário para este colocar as questões que lhe forem pertinentes. Trata-se de um equilíbrio e, como tal, o palco deve ser partilhado entre ambas as partes – pode proporcionar-se até o momento de ser o próprio candidato a questionar as razões pelas quais deve escolher a sua empresa em detrimento de outra.

O momento da visita: a importância de viver a cultura

Quando um candidato é convidado a visitar as instalações da empresa, deve ser promovida uma experiência completa que inclua muito mais do que uma entrevista ou a realização de testes técnicos. Nesta fase todos os detalhes contam: desde a forma como é recebido à apresentação da cultura e das equipas – tudo servirá para marcar a diferença. É este momento que serve para reforçar o desejo e o interesse do candidato na empresa e aguçar o seu sentimento de pertença. No final do dia e da tour poderá até entregar um item de merchandising ao candidato, que servirá para reforçar a atenção ao detalhe da sua organização – e o seu incomparável ADN.

Feedback? Sempre

Sem surpresa, a maioria dos candidatos não recebem qualquer tipo de feedback após uma entrevista – infelizmente é algo ainda muito enraizado na cultura de algumas empresas. Seja pelo tempo que dar feedback implica ou pela falta de recursos, a verdade é que a existência de um software de gestão integrado que centralize todas as candidaturas é essencial para garantir que nada fica por analisar e que ninguém fica sem uma resposta.

Assim, a employee experience não é mais do que um percurso que contribui para o recrutamento, crescimento e desenvolvimento de talento, que deverá ser solidificado pelas empresas de forma a garantir um maior e melhor engagement, um aumento de produtividade e ainda a melhoria da qualidade de vida dos colaboradores – “better management for happier people”.

Já conhece o
PHC GO?

Gestão completa na cloud, faturação certificada, processos automatizados e tesouraria ágil
Software de gestão online para pequenas empresas

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.