Cibersegurança: “Com a perda massiva de dados, a empresa pode simplesmente desaparecer» – PHC Portugal

27.09.22

Gestão de Pessoas: Boas Práticas Apoiadas em Tecnologia

Evento Híbrido e Gratuito

Cibersegurança: “Com a perda massiva de dados, a empresa pode simplesmente desaparecer»

Adotar tecnologias para a transformação digital e tomar medidas para manter os dados empresariais seguros são dois dos desafios que não podem ser adiados no mundo empresarial. Ángel Arroyo, diretor tecnológico da agência Atrevia, explica o papel determinante que estes fatores têm para assegurar a sobrevivência das empresas em 2023.

Face a um novo cenário na gestão empresarial, onde o trabalho remoto, o e-commerce e a utilização de plataformas digitais assumiram protagonismo de forma a satisfazerem as necessidades dos consumidores, apostar na segurança digital é estratégico, tal como o investimento em tecnologias que tornem possível a digitalização das empresas.

Neste sentido, Ángel Arroyo, salienta que os novos ambientes digitais que envolvem rapidez, maior capacidade de resposta, interação e precisão na gestão empresarial, irão continuar a revolucionar os modelos de trabalho.

Neste contexto, a adaptação e a recetividade da administração da empresa são fundamentais para enfrentar não só os desafios do próximo ano, como também numa perspetiva de longo prazo – até 2030.

“As estruturas e as metodologias que as empresas seguiam há três anos mudaram completamente. Embora não seja uma questão nova, a necessidade de gerir a informação empresarial com tecnologia que permita o acesso a dados empresariais atualizados, a qualquer altura e em qualquer lugar é hoje muito mais evidente. É fundamental que as empresas continuem a concentrar-se na gestão da informação numa plataforma digital ou na cloud, mas também sugere um compromisso com a segurança digital ou ciber-segurança”.

 

Angel-Arroyo-Atrevia-scaled.jpg

A digitalização e a cibersegurança são fundamentais para a sobrevivência e sustentabilidade do negócio, dado que a entrega de produtos e serviços mais eficientes depende delas – tendo em conta dados chave sobre os clientes e os seus hábitos de consumo – sem pôr em causa o negócio devido à falta de segurança no ambiente digital.

Ángel Arroyo – consultor Atrevia

 

Digitalização para a gestão 

Que tecnologias estão envolvidas na digitalização das empresas? Dependendo da dimensão e necessidades do negócio, existem certas soluções de gestão para automatizar processos e acelerar a tomada de decisões.

Hoje é necessário implementar soluções que permitam gerir os dados da empresa na cloud:

“A gestão de dados na cloud não tem apenas benefícios para a administração da empresa e para a racionalização dos seus processos. Também tem impacto no desenvolvimento dos seus produtos e serviços, tornando possível a entrega de valor acrescentado aos clientes.”

É importante salientar que quando se fala de transformação empresarial digital de forma transversal, normalmente somos direcionados para um ERP ou software de gestão.

Esta solução caracteriza-se por integrar a informação das diferentes áreas da empresa numa única plataforma digital dividida em módulos e que, através da automatização das tarefas e da análise de dados, consegue reduzir a margem de erro do negócio a todos os níveis.

Trata-se duma ferramenta de excelência na digitalização empresarial que tem vindo a evoluir até se ter tornado numa solução indispensável para enfrentar os desafios que hoje as empresas enfrentam.

As pequenas, médias e grandes empresas estão a adotar cada vez mais esta solução, que tem tido um impato muito positivo na produtividade, rentabilidade e competitividade em todo o mundo empresarial.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), com o início da pandemia em 2020, 24% das empresas aumentaram o investimento destinado às tecnologias de informação e comunicação (TIC). O mesmo estudo indica que 34,7% das empresas compram serviços de computação em nuvem para utilizar na Internet, destacando-se o serviço de correio eletrónico e o armazenamento de ficheiros (88,7% e 70,5%, respetivamente).

CRM, por exemplo, é uma solução que responde a um enfoque nas vendas e nos clientes. Permite manter um registo dos dados dos clientes, a sua resposta aos produtos e serviços que adquirirem, informações relevantes para o lançamento de campanhas de marketing, gestão de oportunidades de negócio e reforço da comunicação.

Trata-se, sem dúvida, de um instrumento estratégico na atividade empresarial para reforçar as relações com os clientes. De acordo com um estudo da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), 25% das empresas portuguesas têm CRM com ganhos evidentes de vendas e angariação de novos clientes.

 

 

Cibersegurança: foco no negócio sem riscos

Assim como a digitalização traz grandes benefícios para as empresas –eficiência, rapidez, desempenho e facilidade de utilização – também vale a pena ter em conta a necessidade de segurança digital e, assim, impedir que o negócio fique em risco, devido à perda ou roubo de dados.

“Investir em cibersegurança permite à gestão focar-se no negócio, ao invés de se concentrar apenas em potenciais riscos. A prevenção da perda ou roubo de dados torna um negócio viável ou não. A perda massiva de dados pode significar o fim da empresa.”

 

 

Então, o que é a cibersegurança?

Trata-se principalmente de proteger softwares, sistemas ou redes que contêm dados das empresas. Isto inclui, por exemplo, a rede informática, e-mails, o software de gestão, e qualquer plataforma que possa ser suscetível de ataques digitais para modificar ou apagar informações confidenciais.

Portanto, desde há vários anos, este tem sido um desafio empresarial latente, mas que a atualidade transformou em urgente, uma vez que a globalização exige que as empresas existam digitalmente para assegura a sua sustentabilidade no mercado.

Como aplicar a cibersegurança na empresa? Embora a prevenção de um ciberataque envolva uma série de medidas em diferentes frentes digitais e a adoção de soluções especializadas, há também aspetos básicos a considerar, especialmente com o trabalho remoto e a divulgação de informação em espaços digitais não seguros.

ESTUDO THREAT LANDSCAPE REPORT
ATAQUES SEMESTRE I 2022
Portugal ocupa 37º lugar ranking mundial
DADOS CHECK POINT RESEARCH
ATAQUES DE RANSOMWARE
Número de ataques em Portugal aumentou 13%
LITERACIA
CIBERSEGURANÇA
Portugal lançará a C-Academy que pretende formar a 9800 especialistas.
Anterior
Next

Cinco conselhos que ajudam a prevenir os ciberataques

1.  Capacitação dos colaboradores sobre políticas e regulamentos da empresa, 

2. Controlo dos acessos dos utilizadores às plataformas e realização de cópias de segurança, 

3. Atualização periódica das redes, 

4. Utilização de redes privadas (VPN) para controlar o acesso remoto 

5. Instalação de antivírus nos vários dispositivos.

 

Angel Arroyo acrescenta ainda que manter a informação comercial segura e evitar acessos indevidos, é essencial para manter a reputação comercial, uma vez que a perda de dados também conduz a problemas legais: “A segurança está a tornar possível que muitas empresas continuem a inovar e a crescer sem terem de se preocupar com terceiros.”

Recomenda que a gestão empresarial se mantenha flexível e aberta às mudanças e às novas tecnologias, considerando a importância crescente da blockchain e a oportunidade que o metaverso pressupõe: “Um gestor inovador e apaixonado por evoluir, tem sempre em mente aquilo que o seu cliente vai precisar. Nesse sentido, os empresários precisam de manter uma mente aberta para perceber onde podem estar as oportunidades para os seus negócios.”

Como ser competitivo em 2023?

Desafios e ferramentas para as empresas

 

 

Já conhece o
PHC GO?

Gestão completa na cloud, faturação certificada, processos automatizados e tesouraria ágil
Software de gestão online para pequenas empresas

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.