27.09.22

Gestão de Pessoas: Boas Práticas Apoiadas em Tecnologia

Evento Híbrido e Gratuito

Trabalho colaborativo: Como gerir a empresa com sucesso?

Agora que os modelos híbridos são uma realidade para cada vez mais empresas, o grande desafio é estarem preparadas para garantir as equipas unidas e motivadas, aumentando a produtividade.
Human Capital Management
Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

A PWC acredita que o trabalho remoto foi o fator que mais alterações provocou no modelo de negócio das organizações em Portugal.

Mais de 80% dos colaboradores gostaria de trabalhar remotamente pelo menos uma vez por semana, essa foi a conclusão do estudo “Future of Work Survey: Repensar a estratégia para o futuro de trabalho e do escritório”, realizado pela consultora.

Apesar das vantagens, os novos modelos de trabalho ainda geram alguma desconfiança, nomeadamente para os gestores que não conseguem garantir a produtividade dos seus colaboradores fora do escritório.

Quais as suas principais preocupações?


Existem ferramentas de colaboração que assegurem o trabalho de equipa? Sim.

As novas tecnologias permitem consultar a Internet, Intranet e o seu e-mail a partir de qualquer lugar, sem necessidade de estar preso a um fio ou a um escritório.

Há cada vez mais gestores a optar pela realização de reuniões virtuais como forma de conectar todos os seus colaboradores.

Muitas das grandes conferências ou eventos também passam à modalidade online, verificando-se um número cada vez maior de utilizadores que aproveitam a oportunidade de poder gravar estas reuniões podendo visualizá-las mais tarde.

De forma a conseguir evitar atrasos nas entregas ou dificuldades na comunicação, é necessário optar por um sistema automatizado que permita:


  • Gerir o tempo, com o objetivo de contabilizar aquele que é despendido para cada tarefa, de forma a poder antecipar o tempo previsto para execução de projetos futuros;
  • Seguir o desenvolvimento das tarefas dos colaboradores, para garantir o prazo previsto na gestão de projetos;
  • Fazer a gestão de uma agenda de reuniões, para que seja possível a organização de cada colaborador de acordo com as suas próprias prioridades;
  • Monitorizar os projetos com maior urgência e as respetivas entregas, de forma a garantir a desconexão ao final do dia e o absoluto funcionamento das organizações.

Informação e comunicação das empresas: posso ter confiança no trabalho entre as equipas e garantir que estão bem informadas? Sim.

Embora o trabalho remoto resuma a ecrãs e teclados todas as relações sociais estabelecidas no ambiente de trabalho, existem formas de manter a ligação entre os colaboradores e tudo aquilo que acontece na empresa.

A melhor forma de o fazer é através duma rede interna onde poderá conhecer os projetos que os restantes departamentos realizam, as notícias mais relevantes ou simplesmente combater a sensação de isolamento, interagindo com o resto dos colaboradores ou felicitando um colega pelo aniversário, tal como numa rede social.

Permite ainda que os seus colaboradores tenham acesso a inquéritos de satisfação, por exemplo, enquanto têm a possibilidade de ver mensagens e notificações recebidas sobre algum projeto onde estão inseridos e informação importante sobre alguma tarefa que precisa de ser entregue.

Um diálogo que acontece naturalmente de forma automática e que deve traduzir os valores e a cultura da empresa, para além de evitar o recurso excessivo ao emails e, até, algumas reuniões.

As ferramentas de gestão são determinantes para aumentar a produtividade da empresa num contexto que apela à adaptação e inovação constantes e que deve mostram a diferença que um software de gestão pode fazer, dado que só ele permite responder às exigências, garantindo:

  • A adaptação aos seus colaboradores fora e dentro do escritório;
  • A operacionalidade da empresa em períodos críticos como aqueles que todos vivemos durante o confinamento;
  • A produtividade dos seus colaboradores, em qualquer lugar.

Bem-estar e desenvolvimento pessoal: é possível motivar os colaboradores da minha empresa em teletrabalho? Sim.

Os novos modelos de trabalho aumentaram a dificuldade de conseguir que um candidato permaneça na empresa e há dois fatores que podem facilitá-lo: apostar no seu desenvolvimento pessoal dando-lhe formação para evoluir, através de uma avaliação criteriosa.

Se por um lado a formação é um fator diferenciador que promove a evolução dos colaboradores e das suas capacidades, até porque este é um benefício que fica sempre na posse do próprio; por outro, a avaliação pressupõe o acompanhamento dos colaboradores e um reconhecimento no trabalho desenvolvido, sem esquecer o impacto na sua motivação e no crescimento.

Estes são aspetos fundamentais que estabelecem relações de confiança mútua mas é necessário ter também bem claro que reter um talento não é uma questão de intuição ou sorte. As pessoas precisam de pertencer a algo maior do que elas próprias para conseguirem dar o melhor delas e manterem-se motivadas.

De acordo com a Gallup, os colaboradores desmotivados têm um custo para a empresa de 34% do seu salário anual. Por isso, não restam dúvidas de que felicidade é lucrativa: apostar na cultura da empresa é também alimentar o bem-estar e a agilidade das equipas.

Para uma performance de topo é preciso garantir condições de topo aos colaboradores. Só assim é possível incentivar um maior compromisso e responsabilidade.


A importância dos dados na gestão de pessoas

O mundo da análise de dados chegou à gestão de pessoas, dados esses que designamos de people analytics.

Mais do que opiniões subjetivas, hoje os gestores precisam de objetividade. Essa é a razão que explica o facto das análises de dados, quando são aplicadas à gestão de pessoas, proporcionam tomadas de decisão mais assertivas.

Elas garantem ainda um acompanhamento cuidadoso dos colaboradores, de forma a que os gestores saibam sempre onde, quando e como agir.

Neste sentido é vital contar com dashboards que facilitem o processamento dos dados referentes à gestão de equipas e projetos, tal como a respetiva análise dos mesmos. Estas ferramentas visuais são essenciais para gerir qualquer negócio permitindo ter uma visão macro da sua empresa e, desta forma, conseguir tomar melhores decisões para o futuro.

Mais do que a simples análise de dados, o people analytics pressupõe uma nova abordagem à gestão integrada de pessoas numa empresa, contribuindo em larga medida para que o Human Capital Management seja uma realidade cada vez mais premente nas empresas.

Porque hoje os gestores precisam de ter uma visão panorâmica da empresa que contempla todas as fases da jornada do colaborador – employee journey – este modelo alinha a tecnologia com os talentos da organização, de forma a obter uma rentabilidade mais apurada do negócio.

As empresas devem estar preparadas para adotar as novas hipóteses que o futuro impõe através de estruturas mais flexíveis, possíveis apenas com as condições que o trabalho colaborativo oferece.

Um novo olhar sobre a produtividade que assegura a competitividade e sustentabilidade da empresa, independentemente do modelo de trabalho de cada colaborador.


Quer saber como potenciar o recurso mais precioso da sua empresa?

Com a solução de Human Capital Management da PHC, querer é poder.


Já conhece o
PHC GO?

Gestão completa na cloud, faturação certificada, processos automatizados e tesouraria ágil
Software de gestão online para pequenas empresas

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.