27.09.22

Gestão de Pessoas: Boas Práticas Apoiadas em Tecnologia

Evento Híbrido e Gratuito

3 de Junho, 2022

Objectives and Key Results: Ciclo mais que perfeito

Os OKR são uma metodologia de gestão de metas com alto impacto nos resultados. Assenta em ciclos que permitem acompanhar e concretizar, passo a passo, os objetivos imediatos da sua empresa.

No dia a dia de trabalho, as equipas estão envolvidas no Business as Usual, ou seja, os processos habituais que servem para entregar um bom produto ao cliente de forma sustentável, centradas no objetivo de ter clientes, colaboradores e acionistas satisfeitos.

Um envolvimento intenso que faz com que a estratégia definida seja rapidamente esquecida.

E esta é uma das grandes vantagens que a metodologia dos OKR traz às empresas: garantir o acompanhamento dos objetivos estratégicos e o alinhamento entre líderes e equipas de forma a conseguir acompanhar os objetivos e as respetivas iniciativas em ciclos mais pequenos, normalmente trimestrais.

Para implementar o ciclo de OKR ideal para a sua empresa, é importante analisar cuidadosamente as suas particularidades e ter em mente que apesar de ser simples, a metodologia dos OKR é difícil de concretizar.

Requer, por isso, disciplina. Este é o fator que pode determinar o seu sucesso.

No fundo tudo se resume nesta imagem, que passaremos a explicar, ponto por ponto:

ciclo okr

O quê?

O ciclo de OKR indica que, primeiro de tudo, é necessário definir a missão e a visão da empresa. Ou seja, o seu propósito fundamental e até onde quer chegar.

A estratégia, habitualmente anual, vem complementar esta missão. Só depois passamos aos momentos trimestrais, determinantes para garantir o cumprimento dos objetivos anteriormente colocados:

  • Checkins
  • Definição
  • Revisão

Como?

Depois de definir a estratégia, é fundamental aprofundar e definir objetivos que estejam, acima de tudo, alinhados à estratégia existente. Desta forma é possível manter as equipas alinhadas, focadas e motivadas.

Os checkins são reuniões entre equipas que asseguram o conhecimento de tudo aquilo que se passa e se estamos a caminhar em direção aos nossos objetivos estratégicos. É um acompanhamento onde é partilhado um ponto da situação, de todos e para todos.

A revisão, aprendizagem e fecho, o espaço de revisão: a análise daquilo que aprendemos. O que é que correu bem e deve ser mantido? O que é que não correu assim tão bem e deve ser melhorado? Para este momento, é conveniente contar com a ajuda de um mentor, alguém que traz as boas práticas, assegurando que tudo está a ser cumprido na medida certa.

Quando?

A frequência de cada um dos momentos que compõem o ciclo dos OKR depende de cada empresa.

Há práticas que são mais habituais, mas a cadência deve ser adaptada consoante a cultura da empresa, a fase de implementação de OKR em que se encontra.

Se por um lado, a missão é algo que se prolonga a longo prazo, os valores em que a empresa assenta; por outro a estratégia é, normalmente, anual. Já a definição, checkins e revisão têm, com frequência, uma cadência trimestral.

Porquê?

No fim de implementados os OKR, teremos uma empresa mais alinhada e ágil para reagir ao que é importante: aproveitar oportunidades e contrariar adversidades em tempo útil.

Eles podem ser a resposta definitiva para elevar a performance do seu negócio, assegurando que todos estão alinhados e conscientes dos objetivos a cumprir.

Ricardo Parreira, CEO da PHC Software, explica-lhe como adotar o ciclo de OKR na empresa:

Já conhece o
PHC GO?

Gestão completa na cloud, faturação certificada, processos automatizados e tesouraria ágil
Software de gestão online para pequenas empresas

Este site requer um navegador mais atualizado para obter a aparência e usabilidade requiridas.

Para usufruir da melhor experiência e conhecer a PHC Software e os seus produtos, deverá aceder através de outro browser mais recente como Google Chrome, Firefox ou Safari.